Ao contrário do que sucederá com o “irmão” Polo, a nova geração do utilitário checo será comercializada apenas com motores a gasolina.

A Skoda prepara-se para prescindir das versões a gasóleo na gama da nova geração do Fabia, prevista para 2018. De acordo com os alemães da Handelsblatt, citando o responsável máximo da Skoda, a gama do utilitário checo, que continuará a estar disponível no formato de cinco portas e carrinha, contará apenas com opções a gasolina. Bernhard Maier justifica esta decisão com os custos elevados associados aos sistemas de tratamento de gases de escape (com recurso a AdBlue). O Fabia contará também com versões a gás natural comprimido.

A saída de cena dos Fabia Diesel não foi acompanhada pelo “irmão” VW Polo, que será lançado ainda este ano - para já, apenas com versões a gasolina mas que terá opções a gasóleo em dezembro.

Assine Já

Edição nº 1458
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes